Grey is the new white!

Numa altura em que a entrega dos trabalhos deste ano tem sido uma autêntica corrida contra o tempo e um desafio à nossa energia, deixamos convosco os detalhes da singularidade de Diana Matias. (Carlos, perdoa-nos (!!) mas hoje falamos da tua belíssima mulher)

A Diana desenhou o próprio vestido o que, nas palavras dela, “foi fácil e muito difícil!” A viver em Londres, onde trabalha como Designer de Moda, a Diana comprou lá os materiais, que enviou para a costureira em Portugal. O processo criativo foi, como seria de esperar, longo e cheio: “Uma coisa é projectar uma peça para alguém, outra é olharmos para o nosso próprio corpo e montar tudo em nós…” No processo, contou com a preciosa ajuda dos amigos designers em Portugal. No final, este vestido cinzento, justo, com exímios cortes a laser no tronco e cauda “era mesmo o vestido. Embora quisesse tantas coisas, não poderia ter sido outro <3”

Vestido: Diana Matias / Anel de Noivado: Maison Martin Margiela  / Brincos: Niza Huang (custom-made)

KL3A2937 KL3A2926KL3A3252-Editar KL3A3260KL3A2883 KL3A2887 KL3A3970montagem1 montagem2KL3A3960KL3A3950 KL3A3949

 

A beleza não é ensaiada

Há algo infinitamente belo nas coisas mais simples.

Como fotógrafos temos o privilégio de estar presente nestes momentos simples. Por outro lado, como fotógrafos temos a responsabilidade de os saber identificar e de antever o objecto final.

De olhar a volta.

Podemos pedir mil e uma vezes a alguém que vista um vestido. Podemos arranjar o mais belo vestido do mundo e o mais belo cenário do mundo. A beleza não é ensaiada e nenhuma destas fotografias transmitirá a beleza e a luz do momento em que a noiva se prepara, minutos antes do seu casamento.

Que privilégio o nosso…

KL3A0368KL3A0415KL3A0420

Hello world!

 

KL3A9300-EditarKL3A9288-EditarKL3A9281-Editar

Olá Mundo!

Estes somos nós. A nossa família!

Eu sou mãe, mulher, fotografa e designer…por esta ordem exacta de importância.

O Pedro raramente é Pedro (só para os pais e pouco mais). Normalmente é Sampaio, pode também ser Jimbra ou Sampa. O Pedro é pai, é meu marido, é fotografo e é músico. Eu tenho a esperança que seja esta a ordem de importância dele. :)

O nosso filho é o Eduardo e é possivelmente a coisinha irritante mais maravilhosa do Universo. O Eduardo é curioso, determinado, enérgico, sorridente e feliz. É a nossa inspiração.

É a curiosidade que nos faz captar os momentos que passam despercebidos, é a determinação a tentar sempre o melhor que podemos dar, é a energia de um dia de trabalho a dar forma à felicidade das outras pessoas, sempre com um sorriso.

Todos os dias aprendemos uns com os outros e o resultado do nosso trabalho é o reflexo da nossa família.

Bem-vindos ao nosso mundo!